perfeitos, perversos, educados

Este espetáculo, com texto do autor inglês inédito no Brasil Howard Brenton e tradução de Marcos Damigo, foi ganhador do 17˚ Festival da Cultura Inglesa, em São Paulo, e se apresentou no Teatro da Cultura Inglesa de Pinheiros em maio de 2013.

A direção e a interpretação foram de Grace Passô, Rodrigo Bolzan e Marcos Damigo. Em três histórias curtas, a peça aborda a maneira como o mundo é filtrado pelo olhar das crianças, especialmente nas questões ligadas à violência e ao erotismo.